Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Recessão

A  história da humanidade já passou por períodos turbulentos, não somente relacionados a guerras mundiais. Exemplos são as crises financeiras de 1929 e de 2008, ambas originadas nos Estados Unidos. Antes do colapso mais recente – afetado pelo segmento imobiliário – ocorreu um fenômeno chamado recessão, que “emitiu” sinais indicando grandes problemas financeiros por todo o planeta.

A recessão é, em síntese, um determinado momento na história do mundo em que alguns segmentos da economia apresentam boa situação, ao mesmo tempo em que outras áreas não vão lá muito bem. No final das contas, levando-se em consideração todos os setores, o resultado não é muito animador.

Períodos turbulentos como foi 2008 tendem, inclusive, a baixar os índices do Produto Interno Bruto (PIB) de um ou mais países, para patamares próximos do zero ou abaixo do previsto, confirmando temores de recessão. Isto significa dizer, em suma, que o ano atual está sendo menos produtivo se comparado ao anterior.

Quando situações como essa acontecem, é normal que um país enfrente deflação, que nada mais é que uma diminuição do nível geral de preços. É caracterizada pela baixa nos valores de alguns produtos, tendo, por sua vez, diferentes causas: menor procura por uma mercadoria ; demanda reprimida; pouco volume de moeda em circulação numa determinada nação etc.

O termo recessão, em linhas gerais, nada mais é que um avanço negativo dos custos médios de produtos e/ou serviços geridos num país. Prejudica consumidores e empresas, pois com lucros menores a tendência é demissão de funcionários, gerando efeito em cadeia.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play