Glossário

A B C D E F G H I J L M N O P Q R S T V

Planejamento financeiro pessoal

O que é Planejamento Financeiro Pessoal?

O planejamento financeiro é uma estratégia para organizar o dinheiro que entra e sai da sua conta. Funciona como um livro-caixa para a pessoa física, facilitando decisões futuras relacionadas ao orçamento familiar.

Através de um planejamento financeiro pessoal, você controla o seu dinheiro com maior precisão, sabendo quanto precisa para quitar financiamentos, pagar as dívidas, adquirir bens e realizar seus objetivos, como uma viagem ou a casa própria.

Leia mais: Quando é necessário realizar um empréstimo?

 

Por que o planejamento financeiro é muito importante?

Ter um planejamento é fundamental para manter a disciplina: colocando tudo no papel você vai tomando consciência da sua renda, do que você precisa gastar e do que você simplesmente costuma gastar porque gosta. Afinal, a vida não é só trabalho e obrigações: existe sim um lugar para o lazer e o descanso, e se você mantiver um bom plano, saberá quanto gastar livre de pesos na consciência.

 

Como fazer um plano financeiro pessoal?

Não pense que é preciso contratar um expert para controlar seu caixa particular: você encontra facilmente informações online sobre como manter um controle de suas finanças.

Além disso, aplicativos e tabelas do Excel são excelentes aliados para a organização do dinheiro. Com fórmulas e cálculos prontos você economiza tempo e garante a visibilidade necessária para controlar o caixa.

 

Confira 7 dicas para montar seu planejamento de finanças:

  • Comece com um cenário realista de suas receitas e despesas;
  • Defina seus objetivos a curto, médio e longo prazo: caso não você ainda não consiga poupar dinheiro, as metas mais próximas devem ser quitar as dívidas atuais e começar a economizar em seguida. Considere investir em novas aquisições apenas depois de colocar tudo em ordem;
  • Planeje o uso do seu dinheiro para os próximos meses considerando cenário versus objetivos;
  • Se possível, tenha uma reserva de emergência. Imprevistos acontecem e é importante estar preparado para cobrir eventuais furos no planejamento.
  • Controle seus ganhos e gastos utilizando uma planilha de gestão financeira ou um aplicativo de organização.
  • Considere migrar sua conta corrente para bancos digitais que ofereçam mais visibilidade de gastos, facilitando essa organização.
  • Sempre que necessário, reajuste o planejamento para que continue sendo realista e fiel aos seus objetivos.

 

Conteúdos relacionados:

Diferenças entre economizar, poupar e investir
6 dicas para montar um planejamento financeiro pessoal