Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Pensões

O aumento da expectativa de vida anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que passou a ser de 74 anos e 29 dias, foi um dos fatores que fizeram o governo federal rever os critérios para conceder aposentadoria como forma de evitar um rombo na Previdência Social. Os cálculos são simples: como a expectativa de vida aumentou, homens e mulheres deverão ficar mais tempo aposentados, recebendo pensões por 20, 25 anos – daí a ideia da desaposentadoria e o retorno ao tempo de contribuição como forma, também, de aumentar o valor do benefício recebido mais adiante.

Só em 2012 a Previdência Social fechou o ano com um rombo na ordem dos R$40 bilhões, uma “tragédia” anunciada por especialistas há cerca de cinco anos e que têm justamente nas pensões o seu maior vilão. Vários pontos devem ser revistos, e a possibilidade da desaponsetadoria foi apenas o primeiro deles, principalmente no tocante às pensões por invalidez e morte.

Tudo indica que em um futuro bem próximo deverão ser adotados procedimentos bastante parecidos a alguns que já funcionam em vários países da Europa, onde o benefício do filho não passa à viúva ou viúvo com a maioridade do mesmo ou é feita uma análise da condição social para determinar a real necessidade de o governo bancar esses gasto.

Por outro lado, em relação aos benefícios recebidos por invalidez, o cerco tem se fechado já há alguns anos, com a necessidade de perícia a cada dois anos como principal meio de evitar fraudes. Hoje é beneficiário o trabalhador que esteja impossibilitado de cumprir função que lhe garanta o sustento por doença grave ou acidente acontecido durante o período de contribuição, estando fora os que já apresentavam o problema antes de fazer a filiação ao sistema e, em caso de doença, tendo que há haver contribuído por um período mínimo de 12 meses. O benefício é suspenso quando ou se sanado o problema.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play