Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Juro por atraso

 

Atrasar contas não é nada bom, mas sabemos que nem sempre as coisas saem como planejado, seja por algum gasto emergencial ou por alguma despesa que tenha, realmente, fugido do controle. Toda a fatura vencida, no Brasil, acaba sofrendo juro por atraso, o qual varia de setor para setor.

No entanto, de acordo com o Procon-SP, o juro por atraso não pode ser acima de 2% em relação ao valor da prestação que está em aberto. Isso vale para praticamente tudo o que você consegue imaginar, desde mensalidade escolar de seus filhos até cobrança em boleto do veículo automotor, da casa própria, cartão de crédito etc.

Apesar dessas orientações, os consumidores podem ser surpreendidos pelos contratos celebrados diretamente com as empresas. Os contratos no segmento de veículos automotores preveem, além do juro por atraso, por exemplo, cobranças extras (caso seja necessária a intervenção de alguma assessoria financeira para ajudar a resolver a pendência).

É muito comum observar em boletos instruções às cláusulas abusivas, entre elas juros de 0,33% ao dia, o que dá, no final do mês, cerca de 9,9% de multa. Ou seja, margem muito superior a que o Procon-SP sugere como aceitável e de bom grado para todas as partes.

Procure, antes mesmo de encerrar uma compra, saber o quanto de juros é cobrado por uma empresa e em situações de atraso. Se achar que algo não está legal, tem todo o direito de procurar outra loja que venda a mesma mercadoria ou fornecer serviço semelhante.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play