Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Imposto de renda

O imposto de renda é o tributo mais importante da maior parte das nações. É a principal fonte de recursos para a manutenção do aparelho estatal e para a realização de investimentos no país. No Brasil, o imposto de renda teve origem no modelo de colonização imposto pela Coroa Portuguesa. No século XVIII, foram implantados até postos de recolhimento nas minas de ouro do Sudeste, a fim de taxar parte dos quilates retirados das margens dos rios. Passados mais três séculos, o imposto de renda ainda é o grande vilão do padrão de vida dos brasileiros, confiscando, em média, R$ 500 bilhões anuais.

O recolhimento do imposto de renda pessoa física funciona de duas maneiras possíveis no país. No caso dos professores da rede pública não há desconto do IRPF em folha. Assim, a Declaração Anual de Ajuste, que deve ser entregue até o último dia de abril, deve ser declarada na renda anual do profissional, sendo que o próprio programa da Receita calcula o imposto devido.

Já para quem sofre desconto mensal em folha, também tem a obrigação de preencher a Declaração Anual, mas, neste caso, há a possibilidade de receber a devolução do imposto retido na fonte (imposto pago a mais).

O desconto do IRPF não é feito sobre o total recebido no mês, mas sim, sobre divisões autônomas do valor total. Em cada faixa, há um desconto diferente. Até R$ 1.637,11, não há nenhuma porcentual de desconto. De 1.637,12 até 2.453,5, 7,5%. De 2.453,51 até 3.271,38, 15%. De 3.271,39 até 4.087,65, 22,5%. Acima de 4.087,65, 27,5%.

Jamais sonegue seus ganhos e conte com os descontos na hora de calcular seu salário.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play