Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Garantia mínima

Toda aplicação tem seu risco, mas existem algumas que oferecem uma garantia mínima. É o caso do plano de garantia mínima da Previdência Privada. Com ele, o administrador do fundo aceita o compromisso de aplicar um rendimento mínimo sobre o capital acumulado, mesmo depois que todos os custos forem descontados. Diferentes dos planos PGBL e VGBL, o plano de garantia mínima oferece um rendimento fixo sob a taxa de 6% ao ano, acrescida da variação do IGPM.

Outro diferencial dos planos de garantia mínima é o repassamento do Excedente Financeiro de rendimento ao beneficiário: nos planos PGBL e VGBL, esta parcela, ou seja, a rentabilidade do produto, é retida pela empresa de Previdência. No caso dos planos de garantia mínima, a lei define a porcentagem mínima de 50% a ser repassada, mas o mercado aponta planos que repassam entre 50% e 80% do Excedente Financeiro ao seu beneficiário. A taxa administrativa é cobrada sobre o total do fundo, e um carregamento recai sobre cada saque ou contribuição.

Esta carteira de investimento apresenta um só perfil, e tem carência de até 24 meses para o resgate, de acordo com a empresa de previdência.

Por incrível que pareça, o plano de garantia mínima, com este nome conservador, apresenta sim risco, mas para o plano, e não para o beneficiado. Por esta razão é que os planos PGBL e VGBL tem tido sua popularidade aumentada entre os produtos ofertados por empresas de previdência.

Ao escolher um plano de Previdência, o beneficiário tem normalmente que pesar vantagens e desvantagens entre rendimentos e possibilidade de dedução do imposto de renda: para cada renda, o plano certo.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play