Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Empréstimos bancários

Fazer aquela reforma, construir, materializar o sonho daquela viagem ao exterior, financiar os estudos de seu filho. Existem inúmeras razões para contrair empréstimos bancários, mas é necessário que você fique atento às taxas de juros. Para isso, consulte um gerente de banco para solucionar alguns problemas financeiros de última hora, bem como para fazer investimentos. A questão é que os empréstimos bancários devem ser feitos apenas após um longo e paciente estudo sobre os tipos de crédito existentes no mercado, todas as suas peculiaridades e qual sua real capacidade de pagamento.

O mercado financeiro é vasto em tipos de empréstimos bancários, mas cada um deles é direcionado para uma finalidade ou nicho específico. Empréstimo consignado, cheque especial, crédito rotativo, crédito pessoal de urgência, financiamentos e empréstimo mediante penhora são apenas alguns dos produtos existentes.

Dentre todas as modalidades, o cheque especial é o menos indicado, em função das suas taxas de juros altíssimas (chegam a 164% ao ano). Os financiamentos são indicados para quem quer trocar de carro ou comprar um imóvel. Para essas situações, os bancos possuem linhas de crédito com condições especiais e prazos de pagamentos muito mais extensos. Entretanto, não se esqueça de dividir seu débito na menor quantidade de parcelas possíveis, haja vista que, quanto mais longo o prazo, mais juros incidentes e, portanto, maior o valor final a ser pago.

Os empréstimos mediante penhora possuem a vantagem da ausência de burocracia, já que os bancos têm no bem penhorado uma garantia de que não sofrerão prejuízo com uma eventual inadimplência. Essa é uma alternativa para quem tem nome sujo e precisa de crédito para redução de dívidas, pagamento de obrigações ou realização de investimentos.

Seja qual for a modalidade escolhida, a regra é contrair empréstimos bancários apenas em situações emergenciais e jamais fazê-lo antes de ter traçado um estudo completo sobre sua capacidade de pagamento. Cuide da sua saúde financeira dando preferência à compra de bens mediante poupança.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play