Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Dívidas em atraso

O projeto de Lei votado na Câmara dos Deputados em 2010 abriu a possibilidade da renegociação extra-judicial de dívidas em atraso. Isto significa que, em caso de inadimplência, hoje é possível resolver a situação apresentando e discutindo um plano de parcelamento diretamente com o credor. Embora os acordos sejam mediados pelo Ministério Público, órgãos de administração pública, da União, do Estado e dos municípios, além das associações de defesa do consumidor, tenta-se, com a medida, facilitar a situação, evitando processos judiciais.

Uma vez aceito o acordo das dívidas em atraso, o comerciante deverá retirar o nome do devedor dos cadastros de restrição ao crédito. Por sua vez, o devedor deverá apresentar junto a um dos órgãos mediadores uma carta contendo o nome dos credores e os valores devidos, além da explicação sobre motivos para o pedido da renegociação, bem como um plano de como pagará as dívidas em atraso. O atraso de pagamento de uma parcela do novo acordo implica em juros de mora e taxas num total de 2%. Porém, caso o pagamento não seja cumprido, o acordo pode ser quebrado, com a possibilidade de um novo pacto entre os envolvidos.

O melhor mesmo para evitar dívidas em atraso é conferir suas finanças pessoais no fim de cada mês. Faltou dinheiro? Então talvez esteja na hora de repensar sua atitude financeira. Procure reservar seu dinheiro em quantias destinadas aos respectivos gastos: aluguel, luz, impostos, prestação do financiamento do carro, etc. Respeitando esta regra, você consegue pagar suas contas sempre em dia.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play