Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Dívidas de banco

Quando as dívidas de banco começam a causar preocupação, está na hora de renegociar as taxas de juros. Para isso, você precisa ter um bom controle de suas finanças pessoais e conseguir prever, antes de ficar inadimplente, que não vai conseguir pagar em dia as parcelas do empréstimo. Desta forma, você se coloca em uma situação melhor frente ao banco na hora de barganhar a renegociação da dívida.

O importante é conseguir um acordo que não comprometa mais do que 30% da sua renda mensal. Afinal, como quitar a dívida se você não tem dinheiro nem para pagar sua despesa fixa? As taxas de crédito consignado costumam ser as mais baixas do mercado. É bom comparar entre mais de um banco para, quem sabe, trocar dívidas de bancos caras por outras mais baratas.

Existem ferramentas na internet para fazer o cálculo do montante devido, comparando as taxas de juros de instituições finaneiras e dando uma direção para quem tem dívidas de banco e está procurando soluções.

Seja rápido e apresente você mesmo uma primeira proposta de negociação. Tenha em mente que renegociação de dívidas de banco a longo prazo custa mais caro. Se quiser diminuir a taxa de juros, então calcule suas parcelas de acordo com seu rendimento. Use uma planilha se quiser saber exatamente quais são suas condições mensais. E o mais importante: após quitar esta, procure evitar novas dívidas de banco.

Aproveite e continue fazendo o controle financeiro iniciado por causa desta situação e viva sem dever para ninguém.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play