Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Dívidas altas

Suas finanças pessoais saíram um pouco do controle e você adquiriu dívidas altas? Em primeiro lugar, saiba que não está sozinho. Segundo um estudo publicado recentemente, 60 milhões de brasileiros estão na mesma situação.

Quem costuma pedir empréstimos, sabe que os juros compostos são o maior vilão do devedor, pois pequenas quantias vão crescendo exponencialmente, ou seja, de maneira a gerar dívidas altas em pouco tempo. Isto acontece porque as taxas de juros no Brasil não são nada amigáveis e quem empresta do banco ou do cartão de crédito acaba emprestando de novo para poder pagar.

Mas existe uma solução nos dois casos citados de, pelo menos, reduzir significativamente o crescimento das dívidas altas: o cancelamento da conta de banco ou do cartão de crédito. Esta é a primeira medida para quem quer começar a sair da inadimplência, pois, pelo menos, o saldo devedor não cresce mais sob a ação de juros horrendos de 10%, e sim, 1% ao mês mais a taxa SELIC, o que resulta em aproximadamente 2% mensais.

A dívida restante deve ser negociada diretamente com o banco, pois a possibilidade do pagamento em parcelas está aberta a todos. A partir do momento em que o primeiro pagamento da dívida parcelada for efetuado, o nome do devedor deve inclusive ser retirado do cadastro de restrição ao crédito.

Outra dica é procurar na internet conselhos de advogados: você economiza uma primeira visita e fica sabendo se pode continuar resolvendo a questão das dívidas altas sozinho ou se precisa realmente de auxílio jurídico.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play