Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Crédito Rotativo

 

Os bancos oferecem inúmeros produtos e serviços para ajudar em seu dia-a-dia, como cartão de crédito ou débito, oportunidades de empréstimo e financiamento de bens, entre vários outros exemplos. Saber usar é bem fundamental, primeiramente para evitar endividamento, depois, porque isso pode sujar seu nome.

Um dos grandes vilões do consumidor é o crédito rotativo. Como ele funciona?

Entender o crédito rotativo é simples. Imagine que você tenha uma fatura de cartão de crédito no valor de R$ 100,00 e que, por algum motivo, não consiga pagar o valor total, mas mesmo assim queira pagar um pouco, ou por desencargo de consciência, ou para não deixar o monstro se tornar maior do que é. De acordo com as regras bancárias, você pode executar e financiar 85% de sua dívida, ou seja, pagar R$ 15 reais e “jogar” o restante para o mês seguinte.

Aí você pode pensar: beleza, no próximo mês eu vou pagar apenas os R$ 85 restantes e mais algo que eu comprar. Muita calma nessa hora, pois o processo não funciona assim. Quando o banco permite financiar esse valor pagando um mínimo, existe a cobrança de juros rotativos, que incidem sobre a quantia em aberto. Em algumas situações, há pessoas que começam essa história do crédito rotativo e que acabam pagando muito mais no mês seguinte devido à junção de juros com compras parceladas.

Ao entrar nessa rotação, procure sair o quanto antes. Do contrário, fica muito difícil contornar o problema caso sua situação financeira não melhore.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play