Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Crediário

Seja no rádio, na televisão ou na internet, uma das palavras mais repetidas em comerciais é “crediário”. Todo mundo sabe que este sistema de vendas está à disposição em quase todos os estabelecimentos comerciais, mas o que é mesmo um crediário? Um crediário é uma forma de vendas a crédito: o consumidor leva o produto e paga uma primeira parcela, e o resto é financiado, ou seja, pago em prestações mensais.

Hoje em dia, o crediário é oferecido tanto por estabelecimentos comerciais quanto através de cartões de crédito, e aí é que entra o julgamento pessoal: vale a pena fazer um crediário? Se as prestações forem iguais, ou seja, no caso de uma venda a prazo sem juros, comprar um eletrodoméstico a crédito é como se fosse economizar ao contrário: você tem o produto no início, e não ao final do período de poupança. O cadastro é feito na loja, rápido e fácil.

Já no caso de crediários com juros, existem diferenças essenciais a serem verificadas antes de fechar o plano. Se as prestações são reajustadas a juros simples, o valor sobe em relação ao preço do produto, linearmente. Se estamos falando de juros compostos, cada prestação é base de reajuste para a próxima, ou seja, o aumento ocorre em uma progressão geométrica, podendo crescer rapidamente, colocando o consumidor em situações financeiras difíceis de controlar.

Antes de acionar um crediário, consulte com detalhes as condições, pergunte o valor das taxas de juros, e só aceite se a dívida mensal não pesar muito em seu bolso.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play