Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Cheque especial

Quem tem conta em banco, com certeza já deve ter ouvido falar do cheque especial. Mas como funciona exatamente operação de crédito?

Em primeiro lugar, sim, você leu corretamente, o cheque especial é uma espécie de crédito ao consumidor, oferecido pelo banco. Isto significa que o cheque especial está sempre vinculado à conta corrente. Digamos que você tenha emitido alguns cheques além do total de dinheiro presente em sua conta: se você possui um contrato com o banco para o uso de cheque especial, estes cheques serão cobertos e você entra no famoso negativo.

O que acontece realmente é que o banco está emprestando para você o dinheiro que faltou na sua conta corrente para cobrir os cheques. O valor máximo deste empréstimo é determinado pelo contrato com o cliente, e até o limite x o dinheiro é cedido sem maiores burocracias. Muitos bancos informam o saldo disponível já contando com o cheque especial: digamos que um consumidor tem R$ 150 na sua conta e um limite de R$ 500. Neste caso, o extrato indica um total de R$ 650 disponíveis, e o consumidor acaba confundindo o cheque especial com dinheiro em conta.

O problema aqui é: como em toda linha de crédito, sobre o valor emprestado estarão incidindo juros e outros encargos financeiros, resultando em taxas que são consideradas as mais altas do mercado. Quem está sempre usando o dinheiro do cheque especial acaba pagando uma soma considerável em juros e encargos, o que nem sempre é vantajoso. Confira sempre seu saldo e evite ficar devendo a longo prazo para o cheque especial.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play