Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Carência

 

O mundo das finanças tem termos que, se aplicados em outros contextos, possuem sentidos diferentes. A palavra “carência”, por exemplo, dá a entender que uma pessoa está carente por algum motivo, querendo companhia, mas no mercado financeiro tem significado mais específico, menos abstrato. Imagine que tenha contratado um plano de previdência privada para assegurar um futuro mais promissor à família. Ao assinar a papelada, você nota que a carência estabelecida é de 60 dias para o primeiro resgate. Em outras palavras, você só pode tirar alguma quantia investida depois desse prazo.

Existem inúmeros fundos de investimento além da previdência, e é importante ficar atento às questões contratuais, pois você não pode desrespeitar o período mínimo estabelecido, o qual é, sem dúvidas, uma forma de as instituições financeiras terem mais segurança na gestão de sua carteira de clientes.

A rentabilidade é outro termo diretamente associado à carência. Os bancos, em sua maioria, deixam claro não haver garantias de que o investimento dará o retorno desejado no tempo esperado, especialmente se no dia seguinte ao término do período estipulado você logo sacar alguma quantia.

Imagine só se ninguém respeitasse o período estipulado? Seguramente, o setor seria muito prejudicado. É por isso, portanto, que os empresários veem com bons olhos os prazos determinados em contrato. Com um prazo maior para a retirada do investimento, aquele que está investindo tende a resgatar a grana quando realmente for necessária.

Lembre-se bem: quanto menos tempo o dinheiro rendendo, mais baixas são as chances de boa rentabilização.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play