Glossário

O Glossário Financeiro do Guia Bolso explica os termos financeiros mais usados. Nosso objetivo é te ajudar a entender sua vida financeira.

Ativo fixo

Todo início de negócio implica em uma série de conhecimentos a respeito de como funciona uma empresa. Termos financeiros novos começam a fazer parte da vida diária de empreendedores: um deles é o chamado ativo fixo. Você sabe exatamente o que significa? O ativo fixo também é chamado de bem patrimonial, o que já esclarece um pouco as coisas. Ativo fixo é todo capital que uma empresa possui em forma de bens, que normalmente são utilizados como tal, e não para gerar mais dinheiro. Por exemplo, os equipamentos que constituem a linha de montagem de uma fábrica, bem como prédios e edifícios onde um empreendimento tem seus escritórios ou lojas, todos estes itens fazem parte do ativo fixo ou tangível, ou seja, patrimônios que um negócio possui por serem necessários à produção e comercialização de mercadorias ou serviços.

Diferente do capital de giro, o ativo fixo não é convertido em dinheiro, tendo um caráter de permanência. Porém, os ativos fixos podem ou não sofrer depreciação, algo semelhante ao desgaste: um bom exemplo são os automóveis. Todo mundo sabe que um carro novo vai perdendo o valor ao longo dos anos, e no caso dos bens patrimoniais de uma empresa, a taxa de depreciação pode ser regulamentada por lei, principalmente no caso de máquinas industriais. Para que a empresa não perca o valor do ativo fixo por causa da depreciação ao longo dos anos, recomenda-se que se constitua um fundo de depreciação, com cujos recursos um novo bem pode ser adquirido.

Baixe agora o aplicativo de
guia financeiro do GuiaBolso!

Baixe na AppStore Baixe na Google Play